Nome Científico: Sparisoma cretense Linnaeus, 1758

Nome Comum: Veja, Peixe-pagagaio

Classificação Científica:
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Osteichthyes
Ordem Perciformes
Família Scaridae
Género Sparisoma
Espécie S.cretense

Sinonímias: Euscarus cretensis, Labrus cretensis, L. xantherythrus, Scarus canariensis, S. cretensis, S. mutabilis, S. rubiginoides, S. rubiginosus, Sparidosoma cretense

Estatuto de Conservação: LC - Pouco Preocupante

Corpo oval, com altura sensivelmente idêntica ao comprimento cefálico. A barbatana dorsal é única e larga e o bordo posterior da caudal é convexo. As mandíbulas têm pequenas dimensões e os dentes são fortes e estão unidos numa espécie de bico formado por quatro placas. As fêmeas apresentam uma cor avermelhada, com uma mancha castanha atrás do opérculo, uma por cima das peitorais e outra amarela no pedúnculo caudal, atrás da barbatana dorsal. A coloração dos machos é escura entre o cinzento, castanho e verde muito escuro com manchas brancas no dorso e flancos. Os juvenis apresentam uma coloração amarelada.

Espécie associada a recifes temperados, muito comum nas costas rochosas. Mais frequentes em águas pouco profundas mas podem ser encontradas até ao 50 metros de profundidade.

Espécie encontrada nas regiões costeiras do Atlântico Nordeste e do Mediterrâneo, principalmente no Mediterrâneo Oriental. No Atlântico, o limite de distribuição norte é o arquipélago dos Açores e o limite sul é a costa do Senegal, passando pelos arquipélagos da Madeira e Canárias. Nos Açores é muito comum nas zonas rochosas de média profundidade.



Sem ameaças a destacar.

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas

OMARE | Observatório Marinho de Esposende
Ficha do Sparisoma cretense

First record of the Mediterranean parrotfish, Sparisoma cretense in Ria Formosa (south Portugal)
Abecasis et al. (2009)

Autor: MVBIO