Nome Científico: Carcinus maenas (Linnaeus, 1758)

Nome Comum: Caranguejo-verde, Caranguejo-morraceiro

Classificação Científica:
Reino Animalia
Filo Arthropoda
Classe Malacostraca
Ordem Decapoda
Família Portunidae
Género Carcinus
Espécie C. maenas

Sinonímias: Cancer granarius, C. granulatus, C. maenas, C. pygmeus, C. rhomboidalis, C. viridis, Megalopa montagui

Estatuto de Conservação: NE - Não Avaliado

Pequeno caranguejo esverdeado que pode, por vezes, apresentar uma coloração avermelhada. É caracterizado por possuir três dentes arredondados na fronte e cinco dentes de cada lado dos bordos ântero-laterais da carapaça. Tem cerca de 7 cm de largura. O abdómen é triangular nos machos e arredondado nas fêmeas.

Ocorre nas zonas do intertidal e do infralitoral, sendo frequente em estuários e lagunas, onde normalmente se reproduz.

Embora nativo da costa atlântica da Europa e do norte de África, comporta-se como espécie invasora noutras regiões. É muito comum na costa portuguesa.

Onde se pode encontrar:

Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
Reserva Natural do Estuário do Sado




Sem ameaças a destacar.

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas

Feeding ecology of the green crab, Carcinus maenas (L., 1758) in a temperate estuary, Portugal

Efeitos maternais e desempenho durante o processo de assentamento do caranguejo verde Carcinus maenas

Larval abundance patterns of Carcinus maenas (Decapoda, Brachyura) in Canal de Mira (Ria de Aveiro, Portugal)

Autor: Jorge Araújo