Nome Comum: Nudibrânquio

Nome Científico: Flabellina affinis

Classificação Científica:
Reino Animalia
Filo Mollusca
Classe Gastropoda
Ordem Nudibranchia
Família Flabellinidae
Género Flabellina
Espécie F. affinis

Sinonímias: Doris affinis, Eolidia flabellina

Estatuto de Conservação: NE - Não Avaliado

Corpo alongado, até 30 mm de comprimento, de cor púrpura. Ceratas crescendo em grupos a partir de um pedúnculo no corpo, com cor variável devido à glândula digestiva visível no interior, mas sempre com pigmento púrpura superficial opaco mais denso na parte superior, o que distingue esta espécie de F. ischitana. Os rinóforos são anelados e da mesma cor que o corpo e com as pontas brancas. Pode também ser confundido com F. pedata mas essa espécie não possui rinóforos anelados e as ceratas crescem directamente a partir do corpo.

Vive no infralitoral, principalmente abaixo dos 10 metros, onde se alimenta de hidrozoários

Ocorre em toda a costa portuguesa, sendo mais frequente no Algarve.

Onde se pode encontrar:

Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
Reserva Natural do Estuário do Sado



Sem ameaças a destacar.

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas

Autor: João Pedro Silva