Glossário

  • Abortar: Abandonar o desenvolvimento de uma estrutura de um órgão.
  • Abortivo: Que se desenvolve imperfeitamente ou incompletamente.
  • Abrupto: Que termina de repente, sem atenuar progressivamente.
  • Acetinado: Com brilho de cetim.
  • Afunilado: Em forma de funil ou cone invertido.
  • Aglomerado: Que se apresentam juntos, em grande número, formando grupos subesféricos mas não se fundindo.
  • Alado: Provido de asa(s).
  • Apêndice: Prolongamento de diversa natureza que se encontra na base ou no cimo de certos órgãos (= apendículo).
  • Apendiculado: Guarnecido de um ou mais apêndices.
  • Apical: Que está no cimo, que pertence ao ápice de qualquer órgão.
  • Ápice: Ponto terminal ou vértice de qualquer órgão.
  • Apiculado: Designação atribuída a um órgão ou elemento quando este termina em pequena ponta aguda e pouco consistente.
  • Aquilhado: Com uma saliência longitudinal que lembra mais ou menos a quilha de um barco.
  • Aurícula: Prolongamento mais ou menos semelhante a uma pequena orelha.
  • Auriculiforme: Com forma de aurícula.
  • Autóctone: Significa “nativo” ou “indígena”. Emprega-se para designar espécies que são próprias de uma determinada região.
  • Autotrófico: Organismo capaz de sintetizar as suas moléculas orgânicas a partir de matéria inorgânica.
  • Aveludado: Coberto de pelos curtos, densos, levantados, com o aspecto de veludo.
  • Bainha: A porção de um órgão, o órgão ou a reunião de órgãos que envolve mais ou menos longamente, outro órgão.
  • Calosidade: Endurecimento semelhante a um calo.
  • Caloso: Que tem calosidades.
  • Capilar: Delgado como um cabelo.
  • Carpogónio: Gametângio feminino das algas vermelhas (Rodófitas).
  • Cartilagíneo: I. Duro, elástico, tenaz, semelhante a uma cartilagem; II. Peixes que têm o esqueleto interno formado por cartilagem (= Chondrichthyes; e.g. tubarões, raias e quimeras).
  • Claviforme: Em forma de clava (= aclavado).
  • Confluentes: Que se reúnem.
  • Cordado: I. Em forma de coração; II. Filo dentro do reino Animalia que inclui os vertebrados, os anfioxos (= cefalocordados) e os tunicados (= urocordados).
  • Cordiforme: Em forma de coração (= cordiforme).
  • Coriáceo: Que tem a consistência do couro.
  • Cosmopolita: Designação dada às espécies com ampla área de distribuição geográfica.
  • Cutícula: Película que reveste externamente a epiderme, formada, fundamentalmente, pela cutina.
  • Denso: Apertado, muito junto.
  • Dentado: Com dentes.
  • Denticulado: Com dentes pequenos ou dentículos.
  • Dentiforme: Em forma de dente.
  • Distal: Afastado do ponto de inserção.
  • Dorsiventral: Que apresenta superfícies superior e inferior, nitidamente diversas, possuindo um só plano de simetria.
  • Efémero: De curta duração, um dia ou menos.
  • Egladular: Provido de glândula(s) (= glanduloso).
  • Endémico(a): Diz-se do taxon nativo de uma determinada área e que está restrito a essa região geográfica.
  • Erecto: Levantado, direito, vertical.
  • Escama: Estrutura óssea ou queratinosa, em forma de lâmina achatada e de consistência variável (e.g. carnuda, membranosa, coriácea...), que cobre o corpo de variadas espécies de peixes e répteis.
  • Escamiforme: Com a forma de escama ou semelhante a uma escama.
  • Filamentoso: Que tem filamentos.
  • Fusiforme: Em forma de fuso: intumescido na parte central e adelgaçado nas extremidades.
  • Geminado: Diz-se de órgãos ou de suas partes quando se encontram dispostos dois a dois.
  • Habitat: Espaço geográfico com factores abióticos que condicionam um ecossistema, determinando a distribuição das populações.
  • Halófito: Diz-se de qualquer ser vivo adaptado a viver em ambientes com elevado teor salino.
  • Inconspícuo: Pouco aparente.
  • Indígena: = Nativo, Autóctone.
  • Inflado: Inchado, intumescido. Aplica-se aos órgãos cuja forma se assemelha a um pequeno balão.
  • Inserção: Local onde um órgão se prende a outro.
  • Lustrosa: Superfície glabra e polida, que parece envernizada; reluzente.
  • Mamilo: Protuberância em forma de bico de peito.
  • Membranáceo: Com textura de membrana.
  • Nativo: Diz-se de um taxon (e.g. espécie) que é natural da região em que vive.
  • Naturalizada: Espécie deslocada acidentalmente ou propositadamente de uma região para outra, onde não existia, e que aí se adapta, multiplica e propaga sem intervenção direita do homem.
  • Orbicular: De contorno circular.
  • Ovado: De forma oval.
  • Partenogénese: Desenvolvimento do óvulo sem fecundação.
  • Pêlo: Formação epidérmica, uni ou pluricelular, simples ou ramosa.
  • Pendente: Pendurado, suspenso.
  • Polimorfismo: Manifestação, sob formas diversas, de uma mesma entidade sistemática.
  • Pseud(o): Prefixo usado na formação de palavras para exprimir falsidade ou semelhança.
  • Purpúreo: De cor púrpura.
  • Radiado: Que possui um eixo de simetria.
  • Raiado: Que tem riscas longitudinais.
  • Relíquia: Taxon que vive em áreas limitadas, restos de uma antiga área extensa.
  • Reniforme: Em forma de rim.
  • Retículo: Pequena rede de malhas.
  • Rudimentar: Que parou de crescer num estado precoce do desenvolvimento.
  • Rugoso: Que tem rugas.
  • Secretor: Que segrega ou produz secreção.
  • Segmento: Cada uma das partes em que o todo se divide.
  • Septado: Que tem septos ou divisórias.
  • Septo: Tabique interno, divisória.
  • Sutura: Linha de união de duas superfícies.
  • Taxa: Plural de taxon. Grupo de seres vivos com características semelhantes, podendo compreender vários níveis (género, espécie, subespécie, etc.).
  • Taxon: Unidade taxonómica correspondente a qualquer nível de um sistema de classificação (e.g. reino, classe, ordem, género, espécie...).
  • Terminal: Situado no cimo de um outro órgão
  • Ubíqua: Espécie que ocorre em toda a parte, podendo viver em meios muito diversos.
  • Umbilicado: Com uma depressão em forma de umbigo.
  • Urticante: Diz-se da superfície de um órgão que se apresenta revestida de duros pelos de ponta aguda e que provocam irritação cutânea.
  • Vegetativo: Que desempenhas funções vitais ou de propagação, sem intervenção da sexualidade.
  • Velutino: Coberto de pelos curtos, densos, macios, dando o aspecto de veludo.
  • Vermicular: Em forma de verme.
  • Verrugoso: Que tem verrugas ou excrescências.
  • Viloso(a): Diz-se da superfície de um órgão que se apresenta revestida com pelos macios e delicados.