Nome Científico: Solea solea Linnaeus, 1758

Nome Comum: Linguado, Linguado-legítimo

Classificação Científica:
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Actinopterygii
Ordem Pleuronectiformes
Família Soleidae
Género Solea
Espécie S. solea

Sinonímias: Pleuronectes solea, Solea vulgaris, S. vulgaris vulgaris

Estatuto de Conservação: DD - Informação Insuficiente

Corpo oval e achatado e a presença de cabeça assimétrica, com ambos os olhos de um dos lados da parte frontal. A coloração corporal é castanha/acinzentada na parte superior e esbranquiçada na inferior. Para se protegerem dos predadores e emboscarem as suas presas, apresentam manchas na face superior que imitam o fundo dos locais onde vivem (mimetismo). Apesar da assimetria que apresentam na fase adulta, estas espécies iniciam o seu ciclo de vida apresentando, ao eclodir, a morfologia típica com cabeça simétrica e um olho de cada lado do cérebro. À medida que se desenvolvem, um dos olhos migra para o lado oposto da cabeça, num processo de metamorfose que ocorre entre as fases larvar e juvenil. Têm um comprimento médio de 30-35 cm, podendo atingir cerca de 70 cm de comprimento máximo.

Espécie típica de fundos costeiros lodosos e arenosos, habitando as zonas de maior acumulação de depósitos de areias e lodos, até os 200m de profundidade. Alimentam-se de larvas de peixes, crustáceos, poliquetas, moluscos e outros pequenos animais, incluindo anfípodes e isópodes, capturados no fundo das águas, caçando as suas presas emboscando-se por mimetismo (capacidade de camuflagem - imitam o substrato onde habitam) sobre o fundo e aguardando em perfeita imobilidade até que estas se aproximem.

É encontrado no Atlântico Nordeste e Mar Mediterrâneo.

Onde se pode encontrar:

Parque Marinho Prof. Luiz Saldanha
Reserva Natural do Estuário do Sado



Sem ameaças a destacar.

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas

OMARE | Observatório Marinho de Esposende
Ficha do Solea solea

Genetic diversity and population structure of Solea solea and Solea senegalensis and its relationships with life history patterns
Coelho & Cabral 2007

Ecology of the juveniles of the soles, Solea solea (Linnaeus, 1758) and Solea senegalensis Kaup, 1858, in the Tagus estuary
Vinagre 2007

Autor: MVBIO