Nome Científico: Illex coindetii (Vérany, 1839)

Nome Comum: Pota, Pota-voadora

Classificação Científica:
Reino Animalia
Filo Mollusca
Classe Cephalopoda
Ordem Teuthida
Família Ommastrephidae
Género Illex
Espécie I. coindetii

Sinonímias: Loligo coindetii, Loligo pillae, Illex illecebrosus

Estatuto de Conservação: LC - Pouco Preocupante

Molusco de forma cilíndrica, com barbatana cordiforme situada na extremidade posterior. Manto longo e estreito. Em torno da boca situam-se dez tentáculos equipados com ventosas, sendo os dois dorsais mais estreitos. Nos machos, o quarto braço esquerdo é um hectocótilo (estrutura utilizada para armazenar e transferir espermatóforos para a fêmea). Esta espécie apresenta um dimorfismo sexual notório, na medida em que as fêmeas são bem maiores que os machos. As dimensões habituais são de 18-20 cm para os machos e 25-27 cm para as fêmeas. Podem, no entanto, atingir 1 m de comprimento. Apresentam tonalidades que vão do esbranquiçado-rosáceo ao alaranjado.

Ocorre a profundidades de 300 m, sendo objecto de migrações sazonais (procura águas mais profundas, no Inverno), mas também diárias (procura águas profundas durante a noite e águas superficiais, durante o dia).

Trata-se de uma espécie pelágica, presente em ambos os lados do oceano Atlântico e no mar Mediterrâneo.

Onde se pode encontrar:

Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina

Sem ameaças a destacar.

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas

Autor: Jorge Araújo