Nome Científico: Antedon bifida (Prenant, 1777)

Nome Comum: Comátula-do-Atlântico

Classificação Científica:
Reino Animalia
Filo Echinodermata
Classe Crinoidea
Ordem Comatulida
Família Antedonidae
Género Antedon
Espécie A. bifida

Sinonímias: Alecto europaea, Alecto milleri, Antedon bifidum, Antedon duebeni, Antedon gorgonia, Antedon maroccana, Antedon milleri, Antedon rosaceus, Comatula barbata, Comatula milleri, Comatula rosacea

Estatuto de Conservação: NE - Não Avaliado

Corpo em forma de cálice, de onde partem 5 braços flexíveis que se ramificam em 10 braços (os quais podem atingir 15 cm de comprimento) equipados com fiadas de pequenas pínulas providas de cílios colantes com os quais o animal captura espécies planctónicas. O corpo propriamente dito tem cerca de 1 cm. Nas formas litorais, a fixação aos substratos faz-se por meio de cirros constituídos por 15 a 18 artículos. Esta espécie apresenta uma coloração avermelhada.

Vive nas concavidades das rochas do infra e circalitoral, até uma profundidade de 200 m.

Ocorre em águas atlânticas, da Escócia até Portugal.

Onde se pode encontrar:

Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina



Sem ameaças a destacar.

Sem medidas a destacar.

Ligações Externas

Autor: Jorge Araújo